Descida à Caldeira - Discover Faial - Island of Nature & Culture

Viajar para os Açores:

Tudo o que precisa de saber

Descer à Caldeira é oportunidade de estar mais perto de algo essencial, de sentir o pulsar do coração da ilha.

A descida à Caldeira é uma experiência especial e difícil de descrever, pois reveste-se de uma mística única, criada pela imponência da envolvência e pela sensação de estarmos a entrar num lugar praticamente intocado pelo homem.

O complexo de ecossistemas que floresce no interior da Caldeira representa um dos mais bem preservados redutos da flora endémica açoriana. A escala monumental da Caldeira, com 2 km de diâmetro e cerca de 400 metros de profundidade, proporciona um enquadramento singular para a observação destas espécies raras e sensíveis que compõem a exuberante floresta Laurissilva. 

Descer à Caldeira é oportunidade de estar mais perto de algo essencial, de sentir o pulsar do coração da ilha.

O trilho, classificado como difícil, é estreito e íngreme, descendo a encosta em ziguezague. Nalgumas zonas é preciso utilizar as mãos para progredir. Sendo considerado um habitat húmido, é frequente encontrar lama e uma área alagada no fundo da Caldeira.

Importante:

Por ser uma zona sensível, que requer grande cuidado na conservação do seu património natural, o número de visitantes diários ao interior da Caldeira é limitado e a atividade só pode ser realizada com o acompanhamento de guias credenciados.

Veja nesta página a lista de empresas e guias certificados pelo Parque Natural do Faial.